sábado, 20 de abril de 2013

The Time Traveler's Wife (Te Amarei Para Sempre)

Booom diiia!!

O assunto de hoje se inicia assim, como eu recomendei o livro na segunda, hoje eu irei recomendar o filme. E vou logo adiantando que é muuuuito lindo! Você se encanta fácil! Eu amo as duas perspectivas - a do livro e a do filme - de maneiras diferentes, até porque a história é contada de formas distintas. Você sente o tempo passar e ser contado de jeitos diferentes. Só tendo a experiência dos dois para entender o que eu estou dizendo.

Como já mencionei, o filme de hoje é baseado no livro de Audrey Niffenegger, The Time Traveler's Wife, ambos possuem o mesmo nome, as duas obras possuem a mesma essência e ideia de transmissão de valores, mas abordam a história de pontos de vista distintos, tanto que a contagem de tempo chega a ser outra, de certa forma.

A história é bonita, comovente e encantadora. Você se envolve, ama o Henry, ama a Clare, odeia o Henry, odeia a Clare, briga junto, torce junto, enfim, você quase se sente parte do filme. Essa característica do livro permanece até o último minuto da película.

O filme no Brasil é intitulado de 'Te Amarei Para Sempre' e foi lançado em 2009 (eu assisti no cinema! ;D), mas em inglês o nome permanece o mesmo que o do livro. O ator que interpreta o Henry é o Eric Bana (Heitor em Tróia) e a atriz que interpreta a Clare é a Rachel McAdams (Allie em Diário de Uma Paixão).

Esses atores fazem uma imersão nos personagens que lhe faz acreditar na realidade daquela história, é de uma sensibilidade tão grande que você fica quase sem respirar à espera de cada nova cena. Esse sim é um filme que parece uma história real, obviamente com toques de surrealidade, mas é de uma leveza ímpar, que quase lhe faz acreditar que a viagem no tempo é uma doença que existe no mundo real.

Uma dica que eu dou é que assista primeiramente ao filme com calma e disposição, principalmente relaxada para dar a oportunidade do seu cérebro e do seu corpo sentirem qualquer tipo de emoção que, por ventura, eles desejem ter.

Este é um filme para inicialmente você assistir sozinha (eu acho) para ficar mais a vontade e em seguida - caso o filme lhe agrade - assistir acompanhada e só depois de ter degustado o filme é que se deve fazer a leitura do livro, que aliás merece - com toda certeza - ser lido, ele dá outra dimensão à história.

No final, a única coisa que eu posso dizer é que vocês devem assistir, é um filme lindo e envolvente, que não merece ser esquecido ou negligenciado. Aproveitem a dica!

Beijos.

Um comentário: